Domingo, 25 de Março de 2007

Alçados dos templos

Meus queridos amigos:

quis incluir aqui, que é o lugar certo, as reproduções de alguns dos trabalhos sobre a arquitectura helénica. Tal não foi possível porque não consegui alojar alguns dos vossos desenhos nas Fotos do Sapo. E olhem que passei algumas horas a tentar! A única resposta que encontro para isso é que dois dos desenhos que, em minha opinião, mereciam ser mostrados, estavam feitos a lápis.

Não quero, no entanto, deixar ninguém desmoralizado, por isso publiquei-os numa outra página que eu tenho na internet. É aqui (e já sabem, basta clicar). Espero que isto nõa me volte a acontecer.

Boas férias!

Fátima Stocker

sinto-me:
publicado por asergio às 17:21
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
|
Sábado, 10 de Março de 2007

A arte Grega: Arquitectura

A Arte Grega

 

A arte grega dos sécs. V e IV a. C., por ser tão bela e perfeita, serviu de modelo à arte europeia de várias épocas. Dizemos, por isso, que os sécs. V e IV a. C. são um período clássico da arte.

 

1 – A Arquitectura

 

Os edifícios em que melhor se manifesta a perfeição da arquitectura grega é nos templos, mas é preciso não esquecer que os gregos também construíram teatros e estádios.

 

Antes de mais, convém saber que havia edifícios de dois estilos ou ordens: ordem dórica e ordem jónica o que fazia com que, do exterior, parecessem muito diferentes. Nos esquemas seguintes pode perceber-se porquê.

 

             

              Ordens arquitectónicas: as cores

 

              rdens arquitectónicas: alçado

 

A planta dos edifícios era geométrica – normalmente rectangular – e as colunas (stilo, em grego) eram o elemento base da construção. Normalmente rodeavam o edifício, formando o peristilo (isto é: com colunas à volta). Sobre elas assentavam as traves que sustentavam o telhado de duas águas. Nos dois extremos, o espaço triangular formado pelos vértices do telhado e das traves é o frontão.

 

O que mais sobressai da arquitectura grega é

 

  • a ordem (a que cada edifício pertence);

 

  • a harmonia das suas proporções: os edifícios não são excessivamente grandes; são construídos à dimensão humana;

 

  • o equilíbrio do conjunto apesar da natureza geométrica da planta;

 

  • a delicadeza da decoração: presente no canelado das colunas, no adorno dos capitéis, nos relevos dos frisos e do frontão, assim como na utilização de cores garridas que dão luz, brilho e alegria ao conjunto.

 

Observa, agora, as imagens que se seguem e procura identificar nelas as caracterísase que acabámos de enunciar. Pra ver as imagens ampliadas basta clicar sobre elas.


 

Templo de ordem dórica: Parténon

 

  Acrópole de Atenas: Parténon (frontão reconstituído)                                                                                                                                                             

 

Apeasr da destruição, o Parténon continua a exibir grande beleza. Esta é a fachada Este e o frontão que vês é a montagem de um desenho que foi colocado sobre a fotografia.

........................................................................m araia maddalen  kkkkkkkkkkkkkk

     Parténon: reconstituiçãoVisto de longe!

 

 

 

Templo de Ordem Jónica: Erecteion

 

      Acrópole Atenas: Erecteion (vista parcial)

 

 

Repara bem na elegância das colunas com a sua base e o capitel de volutas. Repara, ainda, na arquitrave com as suas três bandas salientes. Tudo contribui para que esta ordem seja muito bela!

 

Em baixo podes observar um pormenor da base da coluna e do templo. Magnífico, não é? mmmmmm mma  ammm a mmmmmmmmmmmmmmmm ammmmmmm ammmmmmmmm

 

       Erecteion: pormenor da base de coluna           Erecteion: reconstituição do templo

 

 A acrópole de Atenas, vista da ágora, deveria ter o aspecto da figura que vês a seguir. O mundo deve a Péricles (o estratego que decidiu reconstruí-la); a Ictinos (o arquitecto responsável pela maioria dos edifícios) e a Fídias (o escultor autor de quase todos os relevos e estátuas), toda a beleza que ainda hoje subsiste.

Acrópole de Atenas: reconstituição

 

 Nota: o trabalho, já o sabes, é fazer o alçado de um templo grego. Se quiseres inspirar-te melhor, podes consultar esta página que tem imagens muito interessantes.
sinto-me:
publicado por asergio às 17:23
link do post | comentar | ver comentários (48) | favorito
|
Segunda-feira, 5 de Março de 2007

Objectivos para o ponto

 

1 – Localiza geograficamente a Grécia:

            - Mares que rodeiam a Península Balcânica;

            - Principais penínsulas dos Balcãs

            - Magna Grécia

 

2 – Assinala, sobre um mapa a área correspondente de outro mapa.

 

3 – Define pólis

 

4 – Identifica os constituintes da pólis: espaço rural, urbano e marítimo; elementos do espaço urbano e suas funções.

 

5 – Identifica (nomeando e identificando funções e atributos) os principais deuses helénicos.

 

6 – Nomeia, além dos deuses, outras divindades do panteão helénico.

 

7 – Define democracia.

 

8 – Enumera, indicando a sua composição e funções, os organismos da democracia ateniense.

 

9 – Identifica os grupos sociais da Atenas democrática.

 

10 – Caracteriza cada um dos grupos sociais atenienses.

 

11 – Define cidadão.

 

12 – Indica as condições necessárias para se ser cidadão em Atenas.

 

13 – Explica, com base no número de cidadãos, a principal limitação da democracia   ateniense.

 

14 – Caracteriza o papel das mulheres de Atenas.

 

15 – Explica como era feita a educação das crianças e dos jovens.

 

16 – Nomeia três importantes filósofos gregos e cita frases do pensamento de Sócrates.

 

17 – Indica quais os tipos de peças de teatro escritas pelos gregos e identifica um importante tragedista.

                                    Mãos à obra!

 

sinto-me:
tags:
publicado por asergio às 17:38
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Os laureados

. Frutos do trabalho

. Cantigas Delicadas

. Cantigas de desabafo e/ o...

. Cantigas Alegres

. Cantigas tristes

. Cantigas de Escárnio

. Cantigas de Amigo

. OBJECTIVOS PARA O PONTO -...

. Objectivos para o ponto

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. cantigas de amigo

. cultura medieval

. grécia - religião

. grécia: arte

. pontos

. roma

. roma: curiosidades

. todas as tags

.links

.subscrever feeds